Como é a Cirurgia

Home/Como é a Cirurgia
Como é a Cirurgia 2018-09-04T10:50:27-03:00

Como é a cirurgia para a obesidade?

O princípio da cirurgia bariátrica (conhecida também como Gastroplastia) consiste em induzir a perda de peso por meios cirúrgicos. Ao longo de mais de 50 anos de existência, esse tipo de cirurgia transformou-se numa subespecialidade da cirurgia geral, acumulando de técnicas diferentes para tratar o problema.

De um modo geral, existem três tipos de cirurgia bariátrica. As restritivas promovem a redução da capacidade de armazenamento do estômago e de sua velocidade de esvaziamento. Já as disabsortivas fazem a exclusão de grandes segmentos de intestino delgado evitando, dessa forma, que os nutrientes sejam absorvidos totalmente.

O Sleeve Gástrico (Gastrectomia Vertical) é um exemplo de cirurgia puramente restritiva. Durante o procedimento, ocorre apenas a diminuição do tamanho do estômago. Já a Derivação Bilio-Pancreática de Duodenal Switch é a principal representante das técnicas conhecidas como disabsortivas. Ela promove um grande desvio do intestino delgado, reduzindo o tempo de contato dos nutrientes com as células intestinais e dificultando a absorção dos alimentos, além de associar uma redução no volume do estômago.

Existe, por fim, um grupo chamado de cirurgia mista, que combina uma diminuição significativa da capacidade de armazenamento do estômago e uma menor alteração da absorção de alimentos. O Bypass Gástrico, conhecido também como Cirurgia de Fobi-Capella, é o principal exemplo.

Infelizmente não existe uma cirurgia absolutamente perfeita. Cada técnica tem vantagens e desvantagens. Para saber qual se encaixa com cada tipo de paciente, observa-se características pessoais como idade, sexo, raça, grau de obesidade, hábitos alimentares, nível sócio-cultural e perfil psicológico-comportamental. Durante a avaliação médica, o cirurgião e o paciente decidem qual a melhor alternativa.